Sistema de Controlo de Riscos

Desde 2010 tem vindo a ser adotado e desenvolvido um conjunto de medidas de controlo interno, compatível com a dimensão e complexidade da empresa, de modo a proteger os investimentos e os seus ativos. A implementação dessas medidas tem assentado na elaboração de vários instrumentos (Manual de Procedimentos – este em evolução contínua – que concretiza muitos desses procedimentos de controlo, Código de Ética, Política de Gestão de Risco de Fraude e Plano de Prevenção de Riscos de Fraude, Corrupção e Infrações Conexas), os quais visam identificar, permitir o acompanhamento e controlo dos riscos inerentes à atividade da empresa e, bem assim, mitigar os seus efeitos. A monitorização periódica dos procedimentos instituídos através daqueles instrumentos está a cargo da Área de Auditoria Interna e da Comissão de Auditoria.